Domingo, 08 de Janeiro de 2012

Iniciado em 2008, o Movimento Zeitgeist "é formado por pessoas que advogam a sustentabilidade, organizadas numa rede global, através de grupos nacionais e grupos regionais, com acções de sensibilização, equipas de projecto, entre outros eventos". (Peter Joseph | Roxanne Meadows | Jacque Fresco).

  

 Neste documentário podemos assistir a uma reflexão profunda e objetiva sobre o estado da realidade em que nos encontramos e sobre o que está ao nosso alcance fazer para que ainda possamos recuperar o equilibrio e a sustentabilidade natural e social e humana. No epicentro desta problemática está o Homem que concebe e executa, responsável portanto pelos acontecimentos em curso. Questiona-se até que ponto a sociedade vegeta num estado de sono dogmático, dominado por um sistema sócio-económico em torno do qual giram todos os problemas com que agora nos defrontamos; até que ponto somos uma massa acrítica que se deixa dominar pelas condicionantes deterministas das leis do mercado que nos deixamos impor, a partir de lideres indiferentes aos problemas que geram nos outros. Terá o nosso livre arbítrio a lucidez, a força e a eficácia necessárias para se impor a este determinismo dominador?

 

O objectivo principal do Movimento Zeitgeist é o "reconhecimento de que a maioria dos problemas sociais que afligem o Homem, neste momento, não são unicamente o resultado de corrupção institucional, de escassez, de uma estratégia política, de uma falha inerente à "natureza humana", ou outras hipóteses normalmente apontadas pela comunidade. Ao contrário, o Movimento reconhece que questões como a pobreza, a corrupção, o colapso das instituições, os sem-abrigo, a guerra, a fome e outras são "sintomas" e consequências de uma estrutura social ultrapassada que importa mudar".  (Peter Joseph | Roxanne Meadows | Jacque Fresco).

 

 Neste contexto, e a propósito da ação humana aqui em análise,  conseguirá o homem,  inverter o rumo que estamos a levar  ou, pelo contrário, é ele próprio prisioneiro conformado dos sistemas deterministas que ajudou a sedimentar?  Quem ganhará este jogo perigoso: o determinismo inerente às leis do sistema social, político e económico, ou a consciência livre e informada, aliada à vontade e capacidade de mudança?

 

 

Em parte, ao nível da consciência de massas, predominam as condicionantes determistas na ação humana, numa relação de causalidade direta. Porém, este nível de consciência pode vir a ser modificado por força do livre-arbítrio, através de minorias informadas, inconformadas e conscientes da necessidade de mudança que terão a possibilidade de educar as novas gerações para novas atitudes, de acordo com uma perceção sustentável e equilibrada da relação do homem com a sociedade em que vive e com o planeta que habita.

 

 

 

 

"Está a desenvolver-se uma nova consciência que vê a Terra

 como um único organismo e que reconhece que um organismo

 em guerra consigo mesmo está condenado. Somos um planeta.”

 

Carl Sagan

 

 

 

Autor: Peter Joseph

Data: Janeiro 2011
Duração: 2 horas e 41 minutos
 
 
 
Tarefa: Desenvolve um pequena reflexão critíca sobre o determinismo, o livre-arbítrio e o compatibilismo,  tendo em conta:
  1. o modo como te sentes determinado pelo sistema social, político e económico em que vives; (consumismo, manipulação publicitária, etc.)
  2. o que gostarias de mudar através do teu livre-arbítrio;
  3. como poderias atuar para mudar;
  4. o que estaria ao teu alcance realizar de fato.

 



publicado por ideias-em-movimento às 14:04
Neste blog, as ideias têm que estar em movimento, sujeitas a partilha, é esta a condição. Podemos fazê-lo de multiplas formas, através do comentário, discussão e debate, questionando a nossa realidade para a perceber melhor.
mais sobre mim
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


arquivos
pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO